PICME-site

Reitor participa de evento do IME que incentiva Olimpíadas e estudo da Matemática

1º Encontro do Programa de Iniciação Científica e Mestrado (Picme-GO) segue até o próximo dia 13 com programação variada

Texto e foto: Ana Paula Vieira

O Instituto de Matemática e Estatística (IME) da UFG deu início, na manhã desta segunda-feira (11/1), em formato remoto, ao 1º Encontro do PICME-GO. O Programa de Iniciação Científica e Mestrado (Picme) oferece aos estudantes universitários que se destacaram nas Olimpíadas de Matemática (medalhistas da Obmep ou da OBM) a oportunidade de realizar estudos avançados em Matemática simultaneamente com sua graduação. 

O coordenador do evento, Kaye Silva, explicou que o Encontro é destinado a receber os estudantes dos ensinos fundamental e médio e os alunos do PICME, fazendo a ponte entre eles e incentivando-os a participarem da Obmep e se dedicarem ao estudo da matemática. O diretor do IME-UFG, Maurício Donizetti, destacou que o evento teve mais de 150 inscritos: “Fico muito feliz de ver que a gente tem alcançado nosso público-alvo, potenciais candidatos a continuarem estudando matemática tanto na graduação quanto na pós-graduação”. O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Matemática da UFG, Durval José Tonon, também ressaltou  a importância da OBMEP e a programação do evento: “A Obmep tem fomentado cada vez mais os estudantes, a matemática; e a agenda do Encontro está muito rica, abrangendo todos os níveis da Obmep”.

Também presente na abertura do Encontro, a pró-reitora adjunta de Extensão e Cultura da UFG, Flávia Maria Cruvinel, enfatizou a importância de iniciativas como o Picme para promover o intercâmbio entre as comunidades interna e externa da UFG, socializando conhecimentos produzidos e contribuindo para a popularização da ciência. “É uma oportunidade dos estudantes da educação básica conhecerem nossos ambientes formativos. Queremos que eles estejam aqui conosco como futuros estudantes e colaboradores”, afirmou Flávia. 

O pró-reitor de Gestão de Pessoas da  UFG, Éverton Wirbitzki, enfatizou a importância da matemática para diversas áreas: “O raciocínio, a capacidade de desenvolver soluções para problemas abstratos, é fundamental quando a gente trabalha e pensa a formação de pessoas. A formação em matemática contribui em todas as áreas do conhecimento”.

O reitor da UFG, Edward Madureira, também participou da abertura do 1º Encontro Picme-GO. O reitor lembrou que o Picme é fruto de uma política pública, que envolve agências de fomento fundamentais para o desenvolvimento da ciência. “Temos que atrair mais pessoas para a ciência, para a universidade, para construirmos um país com menos assimetrias; e isso só é possível com educação, ciência e tecnologia”, analisou o reitor. 

O coordenador-geral da Obmep, Claudio Landim, e  a professora da UFMG Sylvie Kamphorst proferiram a palestra de abertura. O evento segue até o dia 13/1, com programação voltada para estudantes e professores do ensino básico e também da graduação e pós-graduação, com palestras sobre temas matemáticos e sobre os programas relacionados a Obmep-Picme no estado de Goiás.

Mais informações: ime.ufg.br.

Fuente: Reitoria Digital/UFG

Categorías: notícias