aniversárioFF

Faculdade de Farmácia da UFG celebra 75 anos com evento online

Reitoria participou de comemoração que relembrou a história da Faculdade, uma das precursoras na formação da Universidade

Texto: Sabryna Moreno

Imagem: Reprodução/Google Meet

A Faculdade de Farmácia (FF) da UFG completou 75 anos de trajetória neste mês de outubro. Para relembrar sua história, foi realizado um evento online, na manhã desta sexta-feira (23/10), que reuniu integrantes e ex-integrantes da unidade. Além das falas feitas ao vivo por docentes, discentes e técnicos administrativos, foram exibidos vídeos com depoimentos de pessoas envolvidas na formação e desenvolvimento da FF.

O reitor da UFG, Edward Madureira, participou da abertura do evento e destacou a importância da unidade como precursora da UFG, já que a antiga Faculdade de Farmácia e Odontologia de Goiaz foi fundada antes mesmo da Universidade. Segundo ele, atualmente a Faculdade é essencial no combate à pandemia no estado, mesmo em tempos de desvalorização da ciência: “Eu tenho certeza que nós vamos sair dessas pandemias. Essa pandemia política, pandemia econômica, que quer destruir as universidades no ano que vem, cortando orçamentos, e essa pandemia na saúde. Nós sairemos dela muito mais fortalecidos, porque nós temos vocês”.

aniversárioFF
Reitor Edward Madureira destacou atuação da FF no combate à pandemia de Covid-19

A vice-reitora da UFG, Sandramara Matias, parabenizou todos os integrantes da Faculdade de Farmácia, por serem exemplo de que a Universidade continua trabalhando em prol da população, apesar das dificuldades do presente momento: “Ainda assim, a Universidade, as suas unidades acadêmicas, a Faculdade de Farmácia, estão a pleno vapor, demonstrando que nós não nos sucumbimos a todas as intempéries que foram postas no contexto que estamos vivendo. É muito bom ver essa história sendo resgatada, ver as pessoas sendo valorizadas, e conhecer melhor essa história”.

Depoimentos

A coordenadora administrativa da Faculdade de Farmácia, Kelle Cristina, deu continuidade ao evento apresentando vídeos de pessoas que contribuíram com a unidade durante seus 75 anos. O primeiro depoimento foi da ex-diretora da FF, Eula Maria de Melo Barcelos Costa, que esteve no cargo de 2010 a 2014, e testemunhou acontecimentos marcantes, como a inauguração do novo prédio da FF. Em sua fala, ela fez um resgate histórico, desde a fundação da unidade, em 1945, até o momento atual: “A Faculdade de Farmácia sempre valorizou as pessoas que à ela se dedicam, que ali trabalham; nela se construiu um ambiente harmônico e especial para se trabalhar”.

De 2014 a 2018, a direção da FF foi de Maria Teresa Freitas Bara, que, em todo o seu depoimento, fez analogia a uma árvore para descrever o que a Faculdade de Farmácia representa em sua vida: “Tanto os egressos da Faculdade, os servidores aposentados, quanto a equipe atual de servidores e estudantes, posso dizer que são simbolizados pelos frutos frondosos que disseminam suas sementes, a partir das tantas árvores que constituem a floresta chamada Faculdade de Farmácia”.

Para representar os discentes, esteve presente a egressa Carina Pimentel Itapema Alves, hoje diretora técnica do Instituto de Ciências Farmacêuticas (ICF). “Grande parte dos nossos colaboradores, seja na pesquisa clínica, no controle de qualidade, estudos de equivalência farmacêutica, ou pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, são profissionais graduados na UFG, profissionais de alta qualificação e cidadãos comprometidos com a transformação e o desenvolvimento da sociedade”, disse.

O evento ainda contou com os depoimentos da ex-técnica administrativa Idamis Helena Soyer e dos ex-diretores da FF, Ruy Hiroshi Yamada (1986-1990), Clévia Ferreira Duarte Garrote (2003-2010) e Radif Domingos (1998-2002). Em seguida, a atual diretora da unidade, Telma Alves Garcia, apresentou um balanço de dados sobre a Faculdade de Farmácia, no que se refere à equipe, ensino de Graduação e de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, e o contexto de pandemia da Covid-19, já que a FF foi essencial na construção da rede de laboratórios da UFG para diagnóstico da doença, além dos trabalhos de capacitação de discentes e combate às fake news. O atual vice-diretor, Ricardo Neves Marreto, também deixou sua mensagem de felicitações.



Fonte: Reitoria Digital/UFG

Categorias: notícias