colaçãomedicina23.7

UFG forma mais 64 médicos por meio de colação de grau antecipada

A antecipação da Colação de Grau é medida temporária, em caráter excepcional, devido à emergência de saúde causada pelo novo Coronavírus

Texto: Ana Paula Vieira

A UFG formou nessa quarta-feira (22/7), mais 64 médicos. A outorga de grau ocorreu em nível administrativo, por meio da portaria nº 2.087, e os recém-formados já começaram a buscar seus diplomas e históricos escolares no Gabinete da Reitoria. A conclusão do curso pode ser antecipada com base na Medida Provisória 934/2020, de 1 de abril de 2020, e na Portaria nº 1213 da UFG, do dia 17 de abril deste ano, como uma ação para o enfrentamento da situação de emergência de saúde pública causada pelo novo Coronavírus.

Entre os novos médicos, está um profissional de Cabo Verde, que estudou na UFG por meio do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), iniciativa que oferece oportunidades de formação superior a cidadãos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais. 

As medidas temporárias, em caráter excepcional, de antecipação da conclusão de curso e colação de grau especial também se estendem aos cursos de Enfermagem e de Farmácia, enquanto durar a pandemia de Covid-19. Os estudantes devem atender aos seguintes requisitos: estarem regularmente matriculados no último período dos respectivos cursos, terem cumprido 75% da carga horária do internato do curso de Medicina ou 75% da carga orária do estágio curricular obrigatório dos cursos de Enfermagem e Farmácia.

colaçãomedicina23.7
Outorga de Grau ocorreu em nível administrativo e diplomas já estão disponíveis



Fonte: Reitoria Digital/UFG

Categorias: Notícias