Respirador

Projeto Pneuma tem mais 20 respiradores em fase final de recuperação

Além dos 10 equipamentos que já foram entregues e estão em uso no tratamento de pacientes com Covid-19, trabalho de recuperação continua

Texto: Ana Paula Vieira

Fotos: Divulgação

O Projeto Pneuma, iniciativa da Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação (EMC/UFG) que atua na recuperação de respiradores mecânicos para uso no tratamento de pacientes com a Covid-19, está em fase final do processo de manutenção de mais 20 equipamentos. A informação é do professor Rodrigo Lemos, um dos integrantes da equipe, durante a live da Reitoria da última sexta-feira (29/5), que ainda teve a participação do professor Sigeo Kitatani Júnior, também integrante do Projeto Pneuma, em conversa com o reitor Edward Madureira. 

A UFG já entregou dez ventiladores para a Secretaria Estadual de Saúde e, de acordo com o professor Rodrigo Lemos, os outros 20 equipamentos na etapa final de reparo estão na fase de calibração ou já foram calibrados. Esses respiradores aguardam o certificado de calibração, que atesta estarem de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Do total de 132 respiradores recebidos pela UFG para manutenção, outros 14 já passaram por manutenção mas ainda dependem de peças, 64 ainda estão em manutenção e 32 se tornaram inviáveis. 

Segundo Rodrigo Lemos, o maior desafio do projeto atualmente é a falta de peças: “Até agora vínhamos combinando peças dos equipamentos. Chegamos a fabricar algumas outras caráter emergencial e vamos inclusive solicitar o registro na Anvisa pois vemos a perspectiva de uso prolongado. Outras, que não tem como fabricar, adquirimos no mercado, mas vai chegar um momento em que a gente vai depender muito da chegada de peças”. 

O professor Sigeo Kitatani Júnior também falou sobre os principais desafios enfrentados no trabalho de recuperação dos ventiladores: “A priori, a gente não tinha conhecimento sobre esses respiradores. Tivemos que pensar em como usar a engenharia e a criatividade para que a gente pudesse, com os recursos existentes no Brasil, chegar a uma proposta de respirador com o uso de componentes comerciais”.  

live-reitoria-29.5
Professores Sigeo Kitatani e Rodrigo Lemos foram os convidados
da Live da Reitoria da última sexta-feira (29/5)

 

Perspectivas

Mesmo diante do cenário desafiador, os dez primeiros respiradores entregues pelo Projeto Pneuma à Secretaria Estadual de Saúde já estão salvando vidas no hospital de campanha de Águas Lindas. Durante a live, o reitor Edward Madureira destacou que recebeu ligações do Governo do Estado de Goiás na expectativa de receberem mais equipamentos a serem utilizados em hospital de Luziânia. A entrega dos 20 respiradores em fase final de manutenção ainda não tem data, e a destinação final dos equipamentos recuperados é dada pelo Governo do Estado. 

A repercussão positiva do trabalho também rendeu outros frutos: Edward anunciou que o Sicoob vai destinar recursos arrecadados por meio de uma campanha para a fabricação de 20 respiradores. 

Os pesquisadores também falaram sobre a boa receptividade do equipamento por parte dos médicos e indicaram uma nova aplicação encontrada a partir do processo de pesquisa e desenvolvimento. “Descobrimos que o equipamento tem qualidade superior e algumas características importantes que nenhum ventilador comercial da linha veterinária tem. Nossa ideia é fomentar essa tecnologia para que as empresas possam absorver esse projeto para fabricar esses ventiladores”, explicou o professor Sigeo Kitatani Júnior.

Os professores Sigeo e Rodrigo agradeceram o trabalho dos colaboradores e também ressaltaram que o Projeto Pneuma tem a parceria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), do Senai Goiás e de agentes de outras iniciativas públicas e privadas. Além das parcerias, o grupo conta com estudantes e professores da UFG, e voluntários como médicos, engenheiros mecânicos, engenheiros eletricistas, técnicos em mecânica, entre outros. O reitor Edward Madureira também agradeceu o envolvimento dos voluntários e parceiros: “É um trabalho extraordinário, que deixa a gente extremamente feliz e muito orgulhoso”.

A live da Reitoria ocorre toda sexta-feira, às 18 horas, pelo perfil @reitoriaufg no Instagram.

Fonte: Reitoria Digital/ UFG

Categorias: Notícias