drive-thru-capa

Professores e estudantes da UFG atuam em vacinação “drive-thru” contra Influenza

Ação ocorre por meio de parceria estabelecida entre a Faculdade de Enfermagem e a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia

Texto: Ana Paula Vieira, com informações da Prefeitura de Goiânia

A UFG, por meio da Faculdade de Enfermagem (FEN), estabeleceu uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia para colaborar na campanha de vacinação 2020 contra influenza, que terá uma novidade: a utilização de “drive-thrus”. O novo método consiste no estabelecimento de pontos pelos quais as pessoas passam de carro e são vacinadas sem descer do veículo, tendo o mínimo de contato físico com profissionais e não se expondo a filas ou aglomerações em unidades de saúde, medida importante no enfrentamento a outra doença, a Covid-19, causada pelo novo Coronavírus. 

Nesta sexta-feira (27/3), estudantes do último ano do curso de Enfermagem e professores da área de Saúde Pública da FEN começam a atuar nos drive-thrus instalados nos estacionamentos dos shoppings Flamboyant e Passeio das Águas, com funcionamento das 8h às 17h. O trabalho vai contar com cerca de 100 pessoas da comunidade universitária, entre professores, estudantes e egressos da FEN/UFG atuando nas etapas de triagem, vacinação e orientação. Aproximadamente 230 estudantes da FEN foram treinados por meio de transmissão online feita na última segunda-feira (23/3), com a participação da gerente de Imunização da SMS, Polyana Braga. O treinamento incluiu ainda estudantes do quarto período, que podem ser chamados dependendo da necessidade. Um grupo de treze estudantes de Medicina também se voluntariou para a ação, diante da grande demanda. 

A diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG, Claci Fátima Weirich Rosso, enfatiza que, em cada turno de vacinação, haverá um professor presente para a supervisão dos trabalhos e orientação aos estudantes. Para a diretora, um dos impactos da parceria é a oportunidade de aprendizagem: “Trata-se de um método que é novo, que foi usado no Japão, na Coreia e o Brasil adotou. Veremos como será o comportamento da população diante de novas metodologias de vacinação: se as pessoas vão se sentir mais seguras, mais protegidas. É uma aprendizagem técnica, científica, tecnológica e de observação do impacto social”, explicou Claci. 

vacinação-drive thru
Novo método é adotado para evitar filas e aglomerações, medita preventiva à Covid-19

 

Vacinação contra Influenza

A primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Influenza é destinada a idosos (60 +) e profissionais de saúde. A segunda fase começa no dia 16 de abril e é destinada aos professores das escolas públicas e privadas, profissionais da força de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis. A terceira fase se inicia em 9 de maio e vai atender gestantes, puérperas (mulheres que deram a luz há pouco tempo), crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, povos indígenas, pessoas com deficiência e adultos de 55 a 59 anos de idade.

A Influenza tem sintomas semelhantes aos do novo Coronavírus, que provoca a doença Covid-19, atualmente classificada como pandemia mundial e que ainda não tem vacina. As autoridades sanitárias orientam sobre a importância da vacinação contra Influenza, mas sem a necessidade de aglomerações e respeitando-se as recomendações de distanciamento social como medidas preventivas à disseminação do novo Coronavírus.

 

 

Fonte: Reitoria Digital

Categorias: notícias