Weby shortcut
Câmara de Goiânia

Câmara de Goiânia cria Frente Parlamentar em defesa das ifes

Objetivo da liga é articular junto à bancada goiana no Congresso Nacional, MEC e governo federal a recomposição e o desbloqueio total do orçamento da UFG, IF Goiano e IFG

Foto: Câmara Municipal de Goiânia

A Câmara de Vereadores de Goiânia instituiu a Frente Parlamentar em Defesa das Instituições Federais de Ensino Superior (ifes) de Goiás com o propósito de conseguir o desbloqueio total das verbas contingenciadas pelo Ministério da Educação (MEC). A liga foi instituída formalmente pelo presidente da Casa Romário Policarpo (Pros) e os secretários Jair Diamantino (PSDC) e Anselmo Pereira (PSDB)  por meio da Portaria nº714, de 3 de outubro de 2019. 

Os membros da frente parlamentar são os vereadores Anselmo Pereira, Cristina Lopes Afonso (PSDB), Denício Trindade (SDD), Lucas Kitão (PSL) e Gustavo Cruvinel (PV). De acordo com a portaria, a Frente Parlamentar tem pode atuar e demandar perante o governo federal, o MEC e o Congresso Nacional em defesa da Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal Goiano (IF Goiano) e Instituto Federal de Goiás (IFG). 

O reitor da UFG, Edward Madureira, agradeceu o apoio e reiterou que este é o momento de unir forças para defender as ifes de Goiás. “A UFG é um patrimônio da sociedade goiana que há quase 60 anos participa ativamente da vida das pessoas por meio do ensino, pesquisa e extensão, além da prestação diversos serviços como na área da saúde com o Hospital das Clínicas”.

A ideia da Frente Parlamentar surgiu durante Tribuna Livre no plenário da Câmara Municipal de Goiânia realizada em 19 de setembro de 2019 - que teve a participação da UFG, Diretório Central dos Estudantes (DCE), Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (Sintifesgo) e Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg).

 

Câmara Municipal de Goiânia

Categorias: Notícias